Atingidos pelo rompimento de Fundão e MAB protestam em frente à Justiça Federal

Da Redação

Fotos: Divulgação

Com o apoio de Sérgio Papagaio

Os atingidos pela barragem da Samarco, controlada pela Vale e BHP Billiton, protestaram nesta segunda (14) contra a suspensão do processo judicial que acusa 22 funcionários e ex-diretores das empresas pelo crime do rompimento.

Ocorrido em frente à Justiça Federal de Belo Horizonte, os atingidos e o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) ergueram cruzes de madeira para simbolizar as 19 mortes ocorridas pela tragédia. Eles tentam reverter a decisão do juiz Jacques de Queiroz Ferreira, da Justiça Federal em Ponte Nova, que decidiu suspender o processo criminal em favor da defesa dos acusados.

protesto em BH2
O rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, resultou em 19 mortes.

No local da manifestação, o movimento ainda escreveu os nomes das comunidades atingidas em papeis molhados por lama.

 

Para uma das atingidas que participou do protesto, a suspensão do processo é uma “vergonha” para o Brasil.

“É uma injustiça o que estão fazendo com esse povo. Eles [a justiça] tem que olhar mais pelo bem estar das pessoas. E [precisam] realmente ajudar quem está necessitando. Ninguém está aqui pedindo esmola e nem mendigando, estamos apenas buscando nossos direitos. Não tem água potável e nem alimentação. Isso não pode acontecer no nosso Brasil”, diz a atingida Vanusa, do Vale do Jequitinhonha.

Ato em Ponte Nova

De acordo com o MAB, uma manifestação semelhante deve ocorrer nas proximidades da Justiça Federal de Ponte Nova, onde ocorreu a suspensão do processo. Porém, ainda não há data definida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: